Dedetização Curitiba - Dedetizadoras em Curitiba

Dedetizadora Curitiba

Dicas de dedetização
Lutando contra um antigo adversário: as baratas
setembro 25, 2016
0

Pouca coisa pode deixar uma pessoa mais assustada e desconfortável do que avistar uma barata correndo pelo chão de um cômodo ou se dirigindo a uma prateleira na cozinha. Esses insetos realmente ganharam uma péssima reputação ao longo do tempo, e o que é pior: eles fazem jus a cada comentário negativo que ouvimos por aí. Não é preciso conhecimentos muito específicos para começar a constatar isso, afinal, as baratas são pragas muito antigas, e qualquer peste que viva por aí há tanto tempo pode se tornar capaz de desenvolver hábitos cada vez mais indesejáveis.

E por falar na comparação com outras pragas, por mais óbvio que seja dizer que nenhuma delas vai ganhar um prêmio por hábitos de saneamento, é fato que as baratas são particularmente problemáticas, já que passam frequentemente por áreas com presença de resíduos humanos e animais, gorduras, água suja, alimentos e demais materiais orgânicos em processo de putrefação, para citar apenas alguns elementos. Para piorar, barata é um inseto noturno, capaz de se esconder em espaços realmente estreitos e de difícil acesso, geralmente em fendas escuras que a forneçam o abrigo e o calor de que necessita. Tudo isso torna essa praga doméstica, uma vez instalada em sua residência, um problema bastante difícil de resolver.

As espécies mais comumente encontradas em ambientes residenciais são a barata alemã e a barata americana. O medo e a repulsa que esses insetos provocam nos moradores que com elas se deparam não são nada comparados ao real risco à saúde que eles trazem consigo. As baratas, especialmente a barata americana, após entrarem em contato com excrementos humanos em esgotos e com dejetos de animais pelas ruas, tornam-se devidamente equipadas para transmitir diversas bactérias aos seres humanos, incluindo a Salmonella.

E não raramente esses mesmos insetos passam por locais ou instrumentos usados na preparação de alimentos, isso quando não entram em contato direto com o próprio ingrediente. Além de muito nojenta, essa condição nos expõe a diversas doenças, algumas delas bastante graves, como infecções por estafilococos, hepatite, disenteria e até asma.

Já deu para perceber que o pânico que as baratas causam por aí não é sem fundamento, e que precisamos realmente nos proteger da invasão desse inseto, certo? Para lidar com esse adversário desagradável e proteger sua casa, sua família e seus alimentos da exposição a essas pragas, recomenda-se as seguintes dicas:

1- Mantenha balcões de cozinha, pias, mesas, pisos, armários e despensas sempre limpos e organizados.

2-Armazene alimentos em recipientes adequadamente fechados, de modo que as baratas não tenham acesso a eles de maneira nenhuma.

3- Louças usadas nas refeições, migalhas e demais derramamentos de alimentos e bebidas devem ser higienizados imediatamente – eles são os campeões no quesito “atrair baratas”.

4- Sele qualquer fissura ou abertura que houver pela construção e pelos móveis de sua casa.

5- Elimine todas as fontes de umidade, como torneiras que pingam ou canos com vazamento.

6- Mantenha suas plantas sempre aparadas e seu jardim sempre livre de montes de folhas secas pelo chão.